Zumbis, uma heroína sem perna e muito, muito sangue

 

 

Chega ao Brasil Planeta Terror, o primeiro filme que compõe a versão original do projeto de Quentin Tarantino e Robert Rodriguez. Nos EUA, os filmes de cada diretor foram exibidos juntos em sessão double feature – dois filmes pelo preço de um – e o nome do “evento” era uma homenagem às antigas salas de cinema (Grindhouse), que exibiam filmes B de terror e ação.

 

O filme de zumbis de Rodriguez é o primeiro a estrear no país depois de ter sido exibido no Festival do Rio e na Mostra Internacional de Cinema em São Paulo. O diretor é adepto de filmes de ação e os mistura com faroestes (El Mariachi) e terror, como fez em Planeta Terror e também em Um Drink no Inferno – outra parceria com o amigo Tarantino.

 

Essa primeira parte de Grindhouse incorporou muito bem os elementos dos filmes exibidos em matinês nos anos 70, quando sexo e ação eram os pratos principais do cinema popular. No entanto, Planeta Terror poderia muito bem ter sido produzido 30 anos atrás. Tarantino, em À Prova de Morte, homenageia o cinema daquela época, mas realiza algo que só poderia ter sido feito hoje, e por ele mesmo.

 

Uma cidade é invadida por zumbis, que não são exatamente desmortos, mas sim mutações de humanos contaminados por um gás tóxico. A invasão começa em um hospital e se espalha por toda região. Uma dançarina que perde a perna (Rose McGowan, que também está em À Prova de Morte) alia-se ao namorado (Freddy Rodriguez), que a “presenteia” com uma metralhadora para substituir a perna devorada. O casal será o líder da resistência que exterminará os zumbis.

 

A primeira parte do filme é longa, dura cerca de 40 minutos, e apresenta muitos personagens. A partir daí começa a ação – principal atrativo de Planeta Terror – e também a diversão para quem gosta de ver mutilações, bizarrices e sangue jorrando. Quentin Tarantino faz uma participação como ator e uma das cenas mais empolgantes é justamente quando ele decide estuprar a heroína, a mulher-metralhadora.

 

Rodriguez é um diretor competente e, apesar de não empolgar como autor, sabe divertir o espectador com o clima descontraído de seus filmes. Sin City 2, novamente em parceria com Frank Miller, está quase pronto (estréia prevista para agosto do próximo ano) e o diretor também promete outra produção de terror trash para 2008, Machete.

 

Planeta Terror, de Robert Rodriguez

(Planet Terror, EUA, 2007)

 

(Texto escrito para a revista eletrônica Shopping Cine & Vídeo)


Escrito por Anderson Vitorino às 12h59



E os melhores da Mostra foram... (Não vi Império do Sonhos, de David Lynch)

 

 

Viagem a Darjeeling, de Wes Anderson

Paranoid Park, de Gus Van Sant

I’m Not There, de Todd Haynes

Lust, Caution, de Ang Lee

À Prova de Morte, de Quentin Tarantino

Inútil + Retrospectiva, de Jia Zhang-Ke

A Questão Humana, de Nicolas Klotz

Atrizes, de Valeria Bruni Tedeschi

Le Voyage du Ballon Rouge, de Hou Hsiao-Hsien

Onde os Fracos Não Têm Vez, de Ethan e Joel Coen

Angel, de François Ozon

XXY, de Lúcia Puenzo

Control, de Anton Corbijn

Go Go Tales, de Abel Ferrara

Lady Chatterley, de Pascale Ferran


Escrito por Anderson Vitorino às 01h58



E a Mostra acabou...

 

 

“Há uma série de lacunas no cinema chinês, regiões que não foram mostradas, que não aparecem nas telas. Esse é o meu projeto, dar visibilidade a elas.”

(Jia Zhang-Ke em entrevista concedida à Folha de SP)

 

Depois de praticamente um mês envolvido na ansiedade, correria e filmes da Mostra de cinema, eu poderei, enfim, descansar em paz. Será? Hoje foi o último dia de festival para mim – a repescagem acaba mesmo nessa quinta-feira, dia 8 de novembro. Reservei o dia para (re) ver filmes do ÓTIMO cineasta chinês Jia Zhang-Ke (foto). Olha, um dos pontos altos da Mostra foi hoje! Filmes vistos:

 

Pickpocket

Dong

Inútil

Plataforma


Escrito por Anderson Vitorino às 01h32



 

Onde os Fracos Não Têm Vez, de Joel e Ethan Coen

Go Go Tales, de Abel Ferrara

Sem Arrependimento, de Leesong Hee-Il

Canções de Amor, de Christophe Honoré


Escrito por Anderson Vitorino às 15h34



mensagens anteriores


Anderson Vitorino, 29, apaixonado por cinema, iniciou-se na dramaturgia aos 13 anos num curso de teatro. Desde lá, desenvolveu enorme fascínio pelas histórias e imagens. Estudou cinema e aprofunda-se em direção, escrita de roteiro e textos. Escreveu e dirigiu o curta-metragem Jurema, Te Amo!, 2003. Atualmente cursa Letras na USP e ensaia o seu primeiro espetáculo em São Paulo "Te espero na última plataforma".

Contato pelo e-mail:
andervitorino@gmail.com

ENTREVISTAS
SOBRE CINEMA
MOSTRAS E FESTIVAIS

HISTÓRICO

07/11/2010 a 13/11/2010
31/10/2010 a 06/11/2010
28/03/2010 a 03/04/2010
18/10/2009 a 24/10/2009
04/10/2009 a 10/10/2009
16/08/2009 a 22/08/2009
19/07/2009 a 25/07/2009
14/06/2009 a 20/06/2009
07/06/2009 a 13/06/2009
31/05/2009 a 06/06/2009
30/11/2008 a 06/12/2008
23/11/2008 a 29/11/2008
02/11/2008 a 08/11/2008
26/10/2008 a 01/11/2008
19/10/2008 a 25/10/2008
12/10/2008 a 18/10/2008
07/09/2008 a 13/09/2008
03/08/2008 a 09/08/2008
15/06/2008 a 21/06/2008
18/05/2008 a 24/05/2008
11/05/2008 a 17/05/2008
30/03/2008 a 05/04/2008
23/03/2008 a 29/03/2008
16/03/2008 a 22/03/2008
09/03/2008 a 15/03/2008
02/03/2008 a 08/03/2008
17/02/2008 a 23/02/2008
10/02/2008 a 16/02/2008
03/02/2008 a 09/02/2008
27/01/2008 a 02/02/2008
20/01/2008 a 26/01/2008
13/01/2008 a 19/01/2008
06/01/2008 a 12/01/2008
09/12/2007 a 15/12/2007
02/12/2007 a 08/12/2007
25/11/2007 a 01/12/2007
18/11/2007 a 24/11/2007
11/11/2007 a 17/11/2007
04/11/2007 a 10/11/2007
28/10/2007 a 03/11/2007
21/10/2007 a 27/10/2007
07/10/2007 a 13/10/2007
22/07/2007 a 28/07/2007
24/06/2007 a 30/06/2007
17/06/2007 a 23/06/2007
10/06/2007 a 16/06/2007
27/05/2007 a 02/06/2007
20/05/2007 a 26/05/2007
22/04/2007 a 28/04/2007
15/04/2007 a 21/04/2007
08/04/2007 a 14/04/2007
01/04/2007 a 07/04/2007
25/03/2007 a 31/03/2007
18/03/2007 a 24/03/2007
11/03/2007 a 17/03/2007
25/02/2007 a 03/03/2007
18/02/2007 a 24/02/2007
11/02/2007 a 17/02/2007
28/01/2007 a 03/02/2007
21/01/2007 a 27/01/2007
14/01/2007 a 20/01/2007
05/11/2006 a 11/11/2006
29/10/2006 a 04/11/2006
22/10/2006 a 28/10/2006