Entre a comédia e o drama, a vida de um jovem gay filipino

 

 

O filme de estréia, “O Desabrochar de Oliveros”, recebeu vários prêmios – entre eles, três só no festival de Berlim em 2006 – e foi a indicação das Filipinas para o Oscar de filme estrangeiro. Entre a comédia e o drama realista, o longa-metragem acompanha um efeminado garoto de 12 anos e sua família, após a morte da mãe. Eles moram na periferia de Manila e sobrevivem de roubos e contrabandos.

 

Maxi, interpretado pelo ótimo jovem Nathan Lopez, é visto praticamente como uma menina, tanto pela família quanto pelos vizinhos. O garoto faz todos os trabalhos domésticos em sua casa, cuida do pai e dos irmãos e adora ver filmes ocidentais em DVDs piratas. Solito, o diretor, consegue dar bastante naturalidade ao personagem e às relações dele com o seu entorno.

 

A “paz” de Maxi e de sua família é ameaçada com a chegada de Victor, um policial que logo vira alvo do amor do garoto. O problema, além da idade que separa Maxi de Victor, é que os parentes do garoto não vivem muito dentro da lei e passam a rivalizar com o policial.

 

Sem querer ser um registro da realidade social nas Filipinas, “O Desabrochar de Oliveros” traz para as telas o cotidiano de uma periferia e ainda constrói as relações familiares do jovem gay com bastante frescor, privilegiando a aceitação e o amor entre os irmãos e pai.

 

 

O Desabrochar de Oliveros, de Auraeus Solito

(Ang Pagdadalaga ni Maximo Oliveros, 2005, Filipinas, 100’)


Escrito por Anderson Vitorino às 18h07



Respeito humaniza tema polêmico

 

 

O título brasileiro do documentário americano “Red Without Blue” (Vermelho sem azul, em tradução literal) pode afastar o espectador. O nome original remete às cores das roupas usadas para distinguir os gêmeos idênticos, Mark e Alex, nascidos em 1983, no estado de Montana, nos EUA.

 

“Gêmeos: a Inversão da Semelhança” acompanha a reaproximação dos irmãos, já com mais de 20 anos e vivendo em cidades diferentes. Alex está em vias de decidir pela operação de troca de sexo e na verdade, já até trocou de nome – ele agora é Clair. Mark é confrontado com essa realidade e precisa lidar com a questão da própria identidade visto que ambos se sentiam e eram visto como idênticos.

 

O documentário entrevista os gêmeos, os pais – divorciados desde os 11 anos de idade dos filhos, acompanha seus “personagens” em momentos importantes e entremeia tudo com vídeos e fotos antigas da família. Nos moldes de “Estamira”, documentário brasileiro de Marcos Prado sobre uma mulher que vivia no meio de um lixão no Rio de Janeiro, acredito que o processo de filmagem de “Gêmeos: a Inversão da Semelhança” tenha servido como uma profunda terapia para os gêmeos e seus pais.

 

Longe de um tratamento polêmico para o tema da transexualidade, o filme segue por um caminho bem mais humano. A aceitação e o respeito estão no centro da solução dos problemas de Mark e Clair e seus dramas são investigados com dignidade, ao mesmo tempo o documentário consegue ser elucidativo e até mesmo educativo.

 

Gêmeos: a Inversão da Semelhança, de Brooke Sebold, Benita Sills, Todd Sills

(Red Without Blue, 2007, EUA, 74’)


Escrito por Anderson Vitorino às 17h18



Últimos dias de Mix Brasil em SP:

 

19/11

 

22h – “Oh Happy Day” – Espaço Unibanco de Cinema

(de Ian Poitier, 2007, Reino Unido, 101’)

O diretor e roteirista estreante Ian Poitier elaborou uma comédia romântica ambientada em Londres. Nela, dois jovens rapazes enfrentam as tortuosas conseqüências de terem transado uma noite pouco antes de começarem a trabalhar juntos.

 

20/11

 

16h – “Hatsu-Koi” – Espaço Unibanco de Cinema

(de Imaizumi Koichi, 2007, Japão, 97’)

Tadashi cursa o último ano do colegial e está secretamente apaixonado por Kota, seu colega de classe, mas nem ousa comentar isso com ele. Ambientada na Tóquio contemporânea, essa história de amor versa sobre sair do armário e assumir uma relação, ao mesmo tempo em que se abre para cenas românticas e também sexualmente explícitas.

 

 

22h – “Jihad para o Amor” – Cinesesc

(de Parvez Sharma, 2007, EUA, 81’)

Gay e muçulmano, o cineasta Parvez Sharma dedicou-se a estudar a religião islâmica e viajou pelos muitos mundos dessa fé dinâmica, descobrindo histórias de seus mais inesperados porta-vozes: muçulmanos gays e lésbicas. Em sua estréia como diretor, ele realizou o primeiro filme a explorar as intrincadas conexões globais entre o Islã e a homossexualidade.

 

21/11

 

22h – “A Turminha das Sapinhas de Tetinhas Pequeninas” – Espaço Unibanco de Cinema

(de Jamie Babbit, 2007, EUA, 86’)

Esta é uma canção roqueira de amor à urgência do sexo, da liberdade e da rebeldia que se manifesta quando uma garota comum descobre sua própria força e indignação para tomar uma atitude e mudar o mundo. O longa conquistou os prêmios de melhor filme e melhor ficção no SXSW Film Festival, em Austin, Texas.

 

22/11

 

20h – “Spider Lilies” – Cinesesc

(de Chou, 2007, Taiwan, 94’)

Grande vencedor do prêmio Teddy de melhor ficção no festival de Berlim de 2007. Takeko, que também tem descendência japonesa e atende pelo apelido Bamboo, possui um salão de tatuagem em Taipei, lugar que é freqüentado pela bela jovem Jade. Navegando na website da jovem, Takeko descobre que Jade é uma cybersex girl. Assumidamente homossexual, o cineasta Zero Chou trabalha aqui pela primeira vez com atores consagrados.

Escrito por Anderson Vitorino às 09h41



mensagens anteriores


Anderson Vitorino, 29, apaixonado por cinema, iniciou-se na dramaturgia aos 13 anos num curso de teatro. Desde lá, desenvolveu enorme fascínio pelas histórias e imagens. Estudou cinema e aprofunda-se em direção, escrita de roteiro e textos. Escreveu e dirigiu o curta-metragem Jurema, Te Amo!, 2003. Atualmente cursa Letras na USP e ensaia o seu primeiro espetáculo em São Paulo "Te espero na última plataforma".

Contato pelo e-mail:
andervitorino@gmail.com

ENTREVISTAS
SOBRE CINEMA
MOSTRAS E FESTIVAIS

HISTÓRICO

07/11/2010 a 13/11/2010
31/10/2010 a 06/11/2010
28/03/2010 a 03/04/2010
18/10/2009 a 24/10/2009
04/10/2009 a 10/10/2009
16/08/2009 a 22/08/2009
19/07/2009 a 25/07/2009
14/06/2009 a 20/06/2009
07/06/2009 a 13/06/2009
31/05/2009 a 06/06/2009
30/11/2008 a 06/12/2008
23/11/2008 a 29/11/2008
02/11/2008 a 08/11/2008
26/10/2008 a 01/11/2008
19/10/2008 a 25/10/2008
12/10/2008 a 18/10/2008
07/09/2008 a 13/09/2008
03/08/2008 a 09/08/2008
15/06/2008 a 21/06/2008
18/05/2008 a 24/05/2008
11/05/2008 a 17/05/2008
30/03/2008 a 05/04/2008
23/03/2008 a 29/03/2008
16/03/2008 a 22/03/2008
09/03/2008 a 15/03/2008
02/03/2008 a 08/03/2008
17/02/2008 a 23/02/2008
10/02/2008 a 16/02/2008
03/02/2008 a 09/02/2008
27/01/2008 a 02/02/2008
20/01/2008 a 26/01/2008
13/01/2008 a 19/01/2008
06/01/2008 a 12/01/2008
09/12/2007 a 15/12/2007
02/12/2007 a 08/12/2007
25/11/2007 a 01/12/2007
18/11/2007 a 24/11/2007
11/11/2007 a 17/11/2007
04/11/2007 a 10/11/2007
28/10/2007 a 03/11/2007
21/10/2007 a 27/10/2007
07/10/2007 a 13/10/2007
22/07/2007 a 28/07/2007
24/06/2007 a 30/06/2007
17/06/2007 a 23/06/2007
10/06/2007 a 16/06/2007
27/05/2007 a 02/06/2007
20/05/2007 a 26/05/2007
22/04/2007 a 28/04/2007
15/04/2007 a 21/04/2007
08/04/2007 a 14/04/2007
01/04/2007 a 07/04/2007
25/03/2007 a 31/03/2007
18/03/2007 a 24/03/2007
11/03/2007 a 17/03/2007
25/02/2007 a 03/03/2007
18/02/2007 a 24/02/2007
11/02/2007 a 17/02/2007
28/01/2007 a 03/02/2007
21/01/2007 a 27/01/2007
14/01/2007 a 20/01/2007
05/11/2006 a 11/11/2006
29/10/2006 a 04/11/2006
22/10/2006 a 28/10/2006